Benguela: Feira do auto-emprego estima atingir um volume de negócios de 200 milhões de kwanzas

Feira do Empreendedorismo (Foto: Rosário dos Santos/Arq)
Feira do Empreendedorismo (Foto: Rosário dos Santos /Arq)
Feira do Empreendedorismo (Foto: Rosário dos Santos/Arq)

A IV feira regional de auto-emprego e empreendedorismo, aberta sexta-feira, em Benguela, pelo secretário de estado dos Desportos, Albino da Conceição, estima atingir um volume de negócios na ordem dos 200 milhões kwanzas, durante os dias 30 e 31 deste mês.

A montra económica juvenil, cujo acto de abertura foi testemunhado pelo governador provincial de Benguela, Isaac dos Anjos, conta com as presenças dos empresários das províncias de Benguela, Huambo, Huíla, Luanda, Cuanza-sul e Namibe, num número de 70 stands distribuídos num pavilhão de cerca de dois mil metros quadrados.

Na feira, estão na sua maioria empresas ligadas ao sector de prestação de serviços, comércio, transportes, telecomunicações, cooperativas, banca, artes gráficas, serviços de restauração, curtumes, construção civil, boutiques, impressão, informática, instituições públicas, entre outras.

O coordenador nacional do fórum angolano de jovens empreedendores, Alberto Mendes, explicou que durante os dois dias pretendem-se atingir um número de visitas acima de 20 mil pessoas, neste certame que tem como objectivo apostar no auto-emprego por via do empreendedorismo, estimulando a juventude a criar o seu próprio negócio.

Alberto Mendes mostrou-se satisfeito pelo trabalho realizado pela coordenação provincial de Benguela na implantação dos núcleos municipais em todo o território da província.

A primeira feira realizou-se em 2014 na Baía de Luanda, enquanto a segunda teve lugar na província da Huíla e a terceira na província de Malanje.

A iniciativa faz parte do plano estratégico do FAJE, que iniciou em 2013 e com perspectiva de encerrar em 2017 com uma feira nacional a se realizar em Luanda. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA