Benguela: Expostos mais de 250 livros de 15 autores na feira da Lusíadas

Feira do livro (Foto: Joaquina Bento/Arq)
Feira do livro (Foto: Joaquina Bento/Arq)
Feira do livro (Foto: Joaquina Bento/Arq)

Duzentos e 50 livros, de 15 autores nacionais e estrangeiros, estiveram expostos de 26 a 30 do corrente mês, durante as feiras do Livro e do Artesanato no município do Lobito (Benguela), numa parceria entre a “Texto Editora”, “Casa de Artesanato do Lobito” e o Instituto Superior Politécnico Lusíadas de Benguela (ISPLB).

Os dados foram revelados à Angop pelo representante da livraria “Texto Editora”, Angelino Ngoleka Lumbombo, à margem das feiras encerradas sexta-feira, tendo considerado de uma valia por facilitar os estudantes que procuram livros cujo acesso tem sido difícil.

Dos livros procurados, destacou as obras intituladas “saber escrever saber ler”, da autoria de Edite Estrela, bem como obra de romance do escritor angolano, Tempestade Celestino, intitulada Virgem.

Por seu turno, o jurista Branco Lima destacou que o livro representa um dos potenciais do conhecimento e exortou a sociedade a cultivar o hábito pela leitura, para melhorar as condutas morais que regem os comportamentos sociais.

O também professor universitário fez saber que, apesar do Instituto Superior Lusíadas de Benguela, possuir uma biblioteca a feira traz sempre uma novidade em termos de títulos e autores.

Neste sentido, aconselhou as famílias para que criem as suas bibliotecas em casa, o que de certa forma contribui para o crescimento de intelecto.

A feira de Artesanato contou com 31 peças, constituidas dos mais diversos materiais. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA