Benfica quer 14 milhões de euros de Jorge Jesus. Bruno ataca encarnados

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Depois de avançar com ação contra Jorge Jesus por quebra do contrato com o Benfica, os encarnados pedem agora 14 milhões de euros. Bruno de Carvalho: “Do Benfica já se espera o mais baixo possível.”

No passado mês de agosto o Benfica avançou com uma ação contra o seu antigo treinador Jorge Jesus por quebra do contrato. Isto porque, o treinador foi anunciado como novo técnico do Sporting a 5 de junho quando o seu contrato com o clube da luz terminava dia 30 desse mês. Mais tarde, o diretor de comunicação dos encarnados, João Gabriel, revelou ao Expresso que a indemnização exigida seria de 7.5 milhões de euros.

Agora, e segundo noticia o Correio da Manhã na sua edição impressa desta quinta-feira, o Benfica pede quase o dobro. 14 milhões de euros é o que Jorge Jesus terá que pagar caso o Tribunal do Barreiro, comarca judicial da área de residência de JJ, dê razão às águias.

No entanto, e mesmo antes de esta notícia ter vindo a público, já Bruno de Carvalho previa uma situação deste género. Em entrevista à Radio Renascença na passada quarta-feira, o presidente do Sporting afirmou que o Benfica poderia avançar com este processo antes do dérbi da luz, a disputar-se no dia 25 de outubro:

Mas, e segundo o líder leonino, já esperava uma atitude deste género do clube da luz porque “do Benfica já se espera tudo do que seja mais baixo possível.”

Uma fonte próxima do treinador afirmou ainda ao Correio da Manhã que “claramente que o Benfica tinha necessidade de antecipar este processo para matar o tema das prendas aos árbitros e colocar um novo na agenda.” (observador.pt)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA