Banco Mundial “facilita” 2 mil milhões USD a Angola

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Além de mil milhões de financiamento directo, Angola poderá levantar outro tanto junto de terceiros utilizando uma garantia concedida pela instituição de Bretton Woods.

Como não há almoços grátis, Luanda teve de comprometer-se com um programa de reformas com acções e metas concretas, cujo cumprimento será avaliado de seis em seis meses.

Angola pode aceder a financiamentos de 2 mil milhões USD através do grupo Banco Mundial – mil milhões de financiamento directo do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e outro tanto de empréstimos de terceiros, mas com garantia da instituição de Bretton Woods.

Os mil milhões USD de financiamento directo estão previstos na estratégia de parceria entre o grupo Banco Mundial e Angola para o período Julho 2014 a Junho de 2016, sendo os empréstimos da responsabilidade do BIRD, uma das quatro instituições que compõem o grupo – as outras são a IDA, a IFC e a MIGA, acrónimos ingleses da Associação Internacional para o Desenvolvimento, Corporação Financeira Internacional, e Agência Multilateral de Garantia de Investimento, respectivamente. (expansao.ao)

Por: Carlos Rosado de Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA