Assad está disposto a realizar eleições na Síria, diz deputado russo

(Foto de Alexey Druzhinin/RIA NOVOSTI/AFP)
(Foto de Alexey Druzhinin/RIA NOVOSTI/AFP)
(Foto de Alexey Druzhinin/RIA NOVOSTI/AFP)

O presidente sírio, Bashar Al-Assad, disse que está disposto a convocar eleições presidenciais “com a participação de todas as forças políticas”, disse neste domingo à AFP um parlamentar russo.

“Ele está disposto a celebrar eleições com a participação de todas as forças políticas que querem que a Síria prospere”, disse o deputado russo Alexander Yushchenko em conversa telefónica desde Damasco, após encontro com Assad.

O líder disse que está disposto a participar da disputa, “se as pessoas não se opuserem”.

Yushchenko falou após reunir-se durante uma hora e meia com Assad, junto a outros políticos e legisladores russos, num contexto de esforços diplomáticos multilaterais para conseguir uma saída negociada para a guerra civil da Síria.

“Ele está muito confiante em si mesmo”, disse o representante russo.

Yushchenko, que é membro do Partido Comunista, detalhou que Assad está disposto a debater reformas na constituição e a realização de eleições, mas uma vez que a Síria esteja livre do risco do grupo jihadista Estado Islâmico.

No sábado, o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, disse que já é o momento de começar a preparar a realização de eleições na Síria e disse que Moscovo está disposto a ajudar o Exército Sírio Livre (ESL), o grupo rebelde moderado apoiado pelo Ocidente, que luta tanto contra Assad como contra os jihadistas.

As últimas eleições presidenciais na Síria foram realizadas em Junho de 2014. Assad foi eleito para um período de sete anos com 88,7% dos votos em eleições criticadas pela oposição e condenadas pela comunidade internacional. (afp.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA