Portugal: As “sérias objeções” de Pacheco a avanços de Marcelo e Maria

(DR)
(DR)
(DR)

Pacheco Pereira considera as presidenciais uma questão crucial à qual o PS não está a dar a devida atenção. “Assim o PS está a meter-se numa camisa de 11 varas”, alerta.

Pacheco Pereira aproveitou o seu espaço de comentário semanal na antena da SIC Notícias, no programa ‘Quadratura do Círculo’, para expor as suas “sérias objeções” a duas candidaturas a Belém que têm estado em destaque na imprensa: a de Marcelo Rebelo de Sousa e a de Maria de Belém.

“A comunicação social parece que já decidiu que Marcelo é eleito”, criticou o historiador dizendo esperar “uma espécie de coroação de Marcelo”. Mas o social-democrata vai mais longe: “Se fosse num país a sério [candidatura de Marcelo] seria condenável por ter analisado e discutido na TVI durante anos. Acho que não havia uma pessoa na TVI que não sabia que ele se ia candidatar”, considerou.

Esta questão de Marcelo destacar-se há anos como ‘opinion maker’, fazendo agora o lançamento da sua candidatura presidencial, fica marcada por uma “mancha ética”. Mas as críticas de Pacheco Pereira incluíram também Maria de Belém.

O historiador acredita que a candidatura da socialista foi posicionada contra António Costa, mas também Sampaio da Nóvoa, que já tinha recolhido apoios entre alguns históricos socialistas.

“Todos os observadores da direita apoiaram a candidatura da Maria de Belém”, afirmou Pacheco Pereira, que incluiu Marcelo Rebelo de Sousa nesta análise aos apoiantes da antiga governante. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA