As duas maiores cervejeiras do mundo unem-se para dominar um terço do mercado

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A cervejeira britânica SABMiller, número dois do mundo no setor da cerveja, foi comprada pela líder do setor, a Anheuser-Busch InBev, de capital belga e brasileiro, por cerca de 96 mil milhões de euros.

A SABMiller anunciou esta terça-feira que aceitou a última oferta de compra da InBev. A favor do negócio, estava o acionista majoritário da SABMiller, a fabricante de tabaco norte-americana Altria (proprietária da Marlboro).

As receitas conjuntas das duas cervejeiras atingiram cerca de 60 mil milhões de euros, em 2014.
Esta fusão equivale ao controlo de um terço do mercado mundial de cervejas.

Na opinião do analista Mike Ingram, “está a ser criada uma espécie de OPEC da cerveja, que terá uma enorme quota de mercado global e um enorme poder de fixação de preços.”

Após duas semanas de impasse, a AB Inbev anunciou que vai pagar 67 dólares por cada ação da SAB Miller, um salto histórico para a companhia britânica.

Esta é uma das maiores operações de aquisição da história. A AB InBev abre assim caminho para negócios na África, particularmente na África do Sul, onde a SABMiller foi fundada há 120 anos.

Entre as marcas que passam a pertencer ao novo grupo cervejeiro estão a americana Budweiser, a belga Stella Artois, a italiana Peroni, a tcheca Pilsner Urquell, a holandesa Grolsch, a mexicana Corona, a australiana Foster e a chinesa Snow, a mais comercializada do mercado mundial. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA