Apple Watch estaria apresentar leitura cardíaca incorrecta (vídeo)

(MobileXpert)
(MobileXpert)
(MobileXpert)

Apesar de ainda não ser um defeito reconhecido pela Apple, diversos usuários tem observado leituras cardíacas incorrectas durante exercícios mais pesados; Um tópico com mais de 3 mil visualizações no fórum das Comunidades de Suporte da Apple já recebeu mais de 17 respostas e gerou outro a respeito do mesmo problema no reddit.

Na descrição do problema, o Apple Watch parece registrar incorrectamente os batimentos cardíacos durante treinos de P90X ou Crossfit, além de outros exercícios sugeridos pelo próprio app de exercícios da Apple, incluindo caminhadas e corridas. Os registros incorrectos parecem apontar para batimentos muito abaixo do normal, variando entre 60 e 80 bpm quando deveriam estar registrando algo acima de 140.

As leituras incorrectas (que permaneceram mesmo após alguns usuários terem trocados seus relógios na garantia) foram comprovadas quando comparadas às realizadas em outros aparelho que utilizam a tecnologia de medição através de eléctrodos, com o resultado sendo extremamente incorrecto no gadget da Apple, que calcula as batidas por minuto analisando o fluxo sanguíneo no pulso através de um processo chamado foto-pletismografia, que aparentemente, possui algumas limitações como, por exemplo, um funcionamento adequado em pessoas que tem tatuagem nesta área.

Segundo o próprio site da Apple, diferentes tipos de movimento podem atrapalhar na leitura dos batimentos cardíacos como, por exemplo, movimentos cíclicos durante a corrida, ou movimentos irregulares como no Boxe ou Ténis (que assim como falam nas reclamações, deveriam contar com programas de treinamento específicos).

O mais bizarro de tudo é que ao mesmo tempo que a Apple comenta sobre o Boxe como sendo um exercício que dificulta o cálculo de batimentos cardíacos, este mês ela lançou um comercial sobre o Apple Watch demonstrado suas habilidades de controle de treino justamente com um boxeador:

Ainda não há uma explicação clara para o que está acontecendo com o Apple Watch, mas especula-se que a culpa disso sejam as variações anatómicas como, por exemplo, alguns usuários descobriram que colocando o relógio no antebraço, próximo ao cotovelo, dá resultados um pouco mais precisos (algo não recomendado, afinal de contas, o dispositivo foi projectado para ser utilizado no pulso). A maçã ainda não se pronunciou oficialmente sobre esse problema.  (MobileXpert)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA