Angola presente na assembleia anual do conselho mundial de energia na Etiópia

BELSA COSTA, presidente da Asea (Foto: LINO Guimarães/Arquivo)
BELSA COSTA, presidente da Asea (Foto: LINO Guimarães/Arquivo)
BELSA COSTA, presidente da Asea (Foto: LINO Guimarães/Arquivo)

O presidente da Associação das Sociedades de Electricidade de África, ASEA, Belsa da Costa, chefia a delegação angolana que participa, a partir de hoje, terça-feira, em Adis-Abeba, capital da Etiópia, na Assembleia Anual do Conselho Mundial de Energia.

Em nota de imprensa a que a Angop teve acesso, lê-se que à margem da Assembleia, o presidente em exercício de ASEA e também presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Produção de Electricidade (PRODEL-EP) vai encontrar-se com a comissária para as infra-estruturas e energia da Comissão da União Africana, com os dirigentes do sector eléctrico etíope e com os directores gerais das empresas africanas de electricidade, para além de uma visita de cortesia à embaixada de Angola na Etiópia.

No termo da Assembleia Anual do Conselho Mundial de Energia, Belsa da Costa e sua comitiva seguem viagem para Abidjan, capital da Côte d’Ivoire, no quadro da sua primeira visita a sede de ASEA, na qualidade de presidente da Associação.

Durante a sua estadia na capital da Côte d’Ivoire, de 30 a 31 de Outubro corrente, a delegação angolana, composta por membros dos Conselhos de Administração da PRODEL, RNT e ENDE, vai visitar as novas instalações da ASEA e da escola de formação de engenheiros da agremiação, incluindo encontros com o pessoal do Secretariado Geral da associação e com o sector eléctrico Ivoirense, culminando o programa de trabalhos com uma visita de cortesia a embaixada de Angola na Côte d’Ivoire.

Angola assume a presidência da Associação das Empresas de Electricidade de África, na pessoa de Belsa da Costa, desde 2014, por um mandato de três anos (2017).

ASEA é uma Organização Internacional sem fins lucrativos, que sucede a UPDEA (União do Países Produtores e Distribuidores de Electricidade de África), fundada em 1970 pelas empresas africanas de electricidade, cuja missão principal é juntar empresas do sector do continente e partes interessadas, com vista a tornar a electricidade mais acessível e fiável para os povos de África.

A ASEA é uma das instituições especializadas da Comissão da União Africana, CUA, e membro permanente do Conselho Executivo da Comissão Africana de Energia, AFREC, parceira privilegiada do Banco Africano de Desenvolvimento, da Comissão Económica das Nações Unidas para a África, UNECA e da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África, Coordenadora do Fórum das Pool Energéticas Africanas e é composta por 57 membros activos de 46 países africanos e 25 membros filiados e associados em toda a parte do mundo. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA