Administrador do Lobito recebe título Internacional

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Chefe do executivo do município do Lobito, província de Benguela, em Angola Dr. Alberto Ngongo recebeu nesta sexta-feira (16/10), das mãos do jornalista, editor e presidente da UBESC- União Baiana de Escritores (do Brasil) Roberto Leal, o título de Personalidade de Importância Cultural oferecido pela UBESC e Revista Òmnira pelo seu trabalho em prol da cultura angolana.

O referido título é oferecido uma vez por ano à personalidade que se destaca trabalhando em prol da cultura do seu país, província, estado ou município, a honraria que é internacionalmente conhecida desde que oferecida pela primeira vez em Angola ao grande expoente da literatura local, o escritor John Bella, autor de reconhecida literatura que carrega na sua trilogia literária, a retratação exata da grande guerreira que foi a Rainha Njinga.
A solenidade teve espaço no Salão Nobre do Governo local, na Administração Municipal do Lobito, sendo muito concorrida, recebendo a presença de autoridades, escritores, jornalistas e professores, onde na oportunidade o escritor Roberto Leal enfatizou também a importância do apoio do chefe do Executivo a literatura local, quando vem apoiando o trabalho desenvolvido pela ALCA – Associação Literária e Cultural de Angola, que atua na província de Benguela e que já se estende por todo o país.
Ainda dentro da programação o jornalista e escritor brasileiro, que é Assessor Parlamentar, na Assembleia Legislativa da Bahia/Brasil, onde trabalha no gabinete do Deputado Estadual Manassés, palestrou em nome daquele parlamentar, que faz um belíssimo trabalho na recuperação de jovens viciados em drogas por todo o Brasil (com a Instituição Manassés) pedindo ao Dr. Alberto Ngongo apoio para que esse trabalho seja exemplificado nesse país irmão, foi quando passou as suas mãos, exemplares das camisolas publicitárias da campanha antidrogas da instituição fundada pelo Parlamentar brasileiro.
Roberto Leal visita Angola a convite da ALCA, com o objetivo de ministrar uma “Formação Básica em Criação Literária” nas províncias de Benguela, Luanda, Namibe e Uige, quando também lançará a Revista Òmnira, edições número 10 e 11, a antologia poética KIXIMANU que tem a participação de poetas de Angola e Brasil e do seu livro em 3ª Edição “C’alô & Crônicas Feridas”.
Fonte: ASCOM/UBESC

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA