Abbas denuncia “escalada” de Israel em pleno clima de tensão

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente palestiniano, Mahmud Abbas, acusou nesta segunda-feira Israel e provocar uma “escalada” das tensões, depois que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu anunciou novas medidas de segurança em resposta à recente onda de violência.

“A parte israelita e seu governo tem interesse em arrastar a região a um ciclo de violência. Tentam, através de uma escalada na Esplanada das Mesquitas e dos ataques de colonos, escapar dos seus problemas políticos e do seu isolamento internacional”, afirma um comunicado divulgado pelo gabinete de Abbas.

Algumas horas antes, Israel bombardeou um alvo na Faixa de Gaza, em represália ao lançamento de foguetes contra o sul do território israelita.

“A aviação israelita apontou contra uma posição terrorista do Hamas no norte da Faixa de Gaza”, afirma um comunicado militar.

Antes, um foguete palestino atingiu uma área deserta no sul de Israel.

Salafistas partidários do grupo Estado Islâmico (EI) reivindicaram os disparos de foguetes contra o território israelita das últimas semanas, mas Israel considera que o Hamas, que governa a Faixa de Gaza, é o responsável pelos incidentes. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA