A violência regressa à capital da Nigéria

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A capital nigeriana voltou a ser palco de um duplo atentado, mais de um ano após a última acção mortífera do grupo islamita Boko Haram em Abuja.

Pelo menos 15 pessoas morreram e 41 ficaram feridas depois de duas bombas deflagrarem nos arredores da cidade, nas imediações de uma esquadra de polícia e de uma paragem de autocarro.

A ação não foi ainda reivindicada.

Um sobrevivente das explosões testemunha, “eu sai de casa para comer e quando voltava senti o sopro da explosão, senti que era atingido por algo e quando levantei a t-shirt vi um pequeno fragmento”.

Um das explosões registou-se no bairro de Kuje, perto da prisão local onde se encontram detidos vários elementos do grupo Boko Haram.

O ataque ocorre um dia depois da morte de 10 pessoas na sequência de quatro atentados suicidas em Maiduguri, o bastião do grupo armado.

O Boko Haram é actualmente alvo de uma operação militar do exército nigeriano quando o conflito com os islamitas é responsável pela morte de mais de 17 mil pessoas desde 2009. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA