Winterkorn deixa a Volkswagen com uma pensão de 28 milhões de euros (vídeo)

(DR)
(DR)
(DR)

Martin Winterkorn sai da Volkswagen com uma pensão de 28,57 milhões de euros.

Este é o valor da pensão mínima que o presidente executivo do grupo Volkswagen leva consigo, após ter deixado o cargo, na sequência do escândalo de manipulação dos dados sobre as emissões poluentes nos veículos com motor diesel.

Winterkorn poderá ainda receber mais 3,2 milhões de euros de indemnização compensatória, se a reunião de sexta-feira do conselho de controlo do grupo decidir que não é responsável pela fraude.

Martin Winterkorn tinha um salário anual fixo de 1,617 milhões de euros no ano passado, e este ordenado anual dá-lhe, segundo as regras do grupo, o direito a receber uma pensão no valor de 70% do salário anual na reforma. (euronews.com)

por Nelson Pereira

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA