Venezuela: Maduro propõe a Santos ‘pacto de paz’ para acabar com crise na fronteira

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, chamou nesta quarta-feira seu homólogo colombiano, Juan Manuel Santos, para firmar um “pacto de paz” para resolver a crise fronteiriça.

“Proponho desde já que se trabalhe desde as chancelarias para que o presidente Santos e eu firmemos um pacto de paz, convivência e coexistência de modelos políticos, económicos e humanos entre Colômbia e Venezuela”, declarou Maduro durante uma reunião com seus ministros transmitida pela televisão governamental.

O presidente apresentou a proposta após se reunir nesta quarta-feira, em Caracas, com o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño, a quem manifestou sua disposição de se encontrar com Santos.

O presidente equatoriano, Rafael Correa, revelou no último sábado que gerenciava uma reunião entre os dois governantes para resolver o conflito causado pelo fechamento da fronteira ordenado por Maduro.

“Chegou a hora de restabelecer a sensatez da coexistência e a convivência, e deixemos este dia, 9 de Setembro, na história como uma página triste e obscura pela intervenção feita pelo presidente Santos”, completou o presidente venezuelano em referência a um crítico discurso pronunciado mais cedo por seu par colombiano. (Swissinfo)

afp_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA