Universidade de São Tomé e Príncipe cria licenciatura em língua alemã

Para começar, a Universidade de São Tomé e Príncipe oferecerá curso básico de alemão (DW)
Para começar, a Universidade de São Tomé e Príncipe oferecerá curso básico de alemão (DW)
Para começar, a Universidade de São Tomé e Príncipe oferecerá curso básico de alemão (DW)

“Alemão como língua estrangeira” é a nova oportunidade para estudantes em São Tomé e Príncipe. A primeira fase é um curso básico com direito a concorrer a uma viagem à Alemanha e bolsas de estudo.

O idioma alemão passará a fazer parte do currículo académico da Universidade de São Tomé e Príncipe. Com a ideia, que deverá entrar em vigor em finais de setembro desde ano, São Tomé e Príncipe relança uma cooperação com a Alemanha na área da educação.

Como irá funcionar

A Universidade de São Tomé e Príncipe prepara-se para, a partir de 2016, promover a licenciatura em língua alemã. Para a materialização deste projeto, está prevista a visita de um leitor da Universidade de Leipzig (Alemanha) ao arquipélago.

A alemã e idealizadora do curso Diana Jordão da Cruz, residente no país há dez meses, conta que a deslocação do docente de Leipzig a São Tomé servirá para elaborar o currículo das aulas em parceria com o instituto acadêmico alemão – interessado na promoção do curso “alemão como língua estrangeira”.

Para começar, Diana irá lecionar um curso básico, nessa primeira fase. Em entrevista à DW África, ela diz que existe muito interesse por parte dos são-tomenses em aprender o idioma de Goethe. “Já tenho quase dez candidatos. Mas há mais interessados. Todos os dias alguém pergunta quando começam as aulas, onde serão ministradas e quanto custam”, ressalta Diana da Cruz.

Concorra a uma viagem à Alemanha

A maioria dos candidatos ao curso trabalha na indústria hoteleira. Diana Jordão da Cruz, licenciada em economia e língua espanhola, inglês e português está na fase final da preparação para o início das aulas.

Ela esta ansiosa, até porque os alunos mais destacados da formação terão a possibilidade de visitar a Alemanha. “Os alunos aprendem o básico e podem se candidatar para uma viagem à Alemanha, para estudar o idioma por 15 dias e conhecer duas universidades. Com tudo pago”, relata a professora.

O curso de primeiro nível de alemão marca o início oficial do funcionamento do departamento de língua alemã na Universidade de São Tomé e Príncipe, que contará com a ajuda do Instituto Goethe, bem como do Serviço Alemão Académico de Intercâmbio (DAAD), que vão disponibilizar materiais didáticos como livros e outros equipamentos.

Bolsas de estudo

Com este investimento a ser feito, a Alemanha e São Tomé Príncipe fortalecem as relações no setor da educação. O projeto conta, por outro lado, com apoio da embaixada da Alemanha para Gabão e São Tomé e Príncipe.

“A Embaixada alemã nos ofereceu bolsas de estudos para 2016 e 2017, para estudantes de São Tomé e Príncipe”, anuncia a alemã. (dw.de)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA