Trabalhadores da Rádio televisão exigem resolução de questões laborais

Rádio televisão Cabo-verdiana (RTC) (D.R)

Praia – Os trabalhadores da Rádio televisão Cabo-verdiana (RTC) exigiram a resolução de questões laborais pendentes, antes da anunciada fusão com a agência cabo-verdiana de notícias (Inforpress) para dar lugar a uma única empresa pública de comunicação social, apurou a PANA de fonte sindical.

Rádio televisão Cabo-verdiana (RTC) (D.R)
Rádio televisão Cabo-verdiana (RTC) (D.R)

Segundo a presidente da Associação Sindical dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC), Carla Lima, o que está em causa é a aplicação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da empresa.

Falando durante uma manifestação conjunta com a Comissão de Trabalhadores da RTC e apoio do Sindicato dos Transportes,

Telecomunicações, Hotelaria e Turismo (SITTHUR), realizada quinta-feira, nas cidades da Praia e do Mindelo, ele lembrou que o plano foi aprovado em 2010 e determina que as promoções e progressões deveriam acontecer em 2014, mas que “até agora isso não aconteceu”.

Os trabalhadores querem que essas questões relativas a reclassificações, promoções e progressões na carreira sejam resolvidas antes da entrada em vigor da fusão entre a Rádio televisão Cabo-verdiana, que congrega a Televisão de Cabo Verde (TCV) e a Rádio de Cabo Verde (RCV), com a agência de notícias Inforpress.

De acordo com o diploma, aprovado em Conselho de Ministros e já foi enviado ao Presidente da República para promulgação ou veto, a nova empresa, que se chamará Rádio Televisão Cabo-verdiana. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA