Sírio rasteirado por jornalista na Hungria vai formar treinadores em Espanha (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

O refugiado sírio rasteirado por uma jornalista húngara, quando fugia da polícia com um filho nos braços, já está em Espanha, onde vai formar treinadores de futebol.

As imagens de Osama Abdul Mohsen a ser rasteirado, em Roszke, correram mundo e sensibilizaram os responsáveis do centro de formação de treinadores de futebol (CENAFE), em Espanha.

Apesar do contratempo na Hungria, Mohsen conseguiu chegar a Munique e foi da capital da Baviera que apanhou o comboio para Espanha. Destino final: Getafe, nos arredores de Madrid.

O diretor do centro espanhol de formação de treinadores, Miguel Angel Galán, considera que Osama acabou por ter “sorte”, porque a história “apareceu nas notícias”, mas recorda que ainda há “milhares de refugiados que necessitam de ajuda”.

Antigo técnico do Al-Fotuwa, um dos melhores clubes sírios no inicio dos anos 90, Osama tem à espera um apartamento para ele e para a família, em Getafe.

Espanha comprometeu-se a acolher mais de 17.000 refugiados, este ano. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA