Separatistas vencem eleições regionais na Catalunha

(AP)
(AP)
(AP)

Pleito ganha carácter de plebiscito de fato sobre a separação da região mais rica da Espanha em relação a Madrid. Presidente da Generalidade da Catalunha, Artur Mas, promete a independência até 2017.

As legendas secessionistas obtiveram maioria absoluta nas eleições ao parlamento regional da Catalunha, realizadas neste domingo (27/09). A principal delas, Juntos Pelo Sim, liderada por Artur Mas, actual chefe do Executivo catalão, conquistou 62 dos 135 assentos do órgão legislativo.

A coligação é formada por dois partidos separatistas e por integrantes de organizações civis independentistas. Estando aquém dos 68 postos necessários à maioria absoluta, para dominar o Parlamento a Juntos Pelo Sim necessita das dez cadeiras que couberam à Candidatura de Unidade Popular (CUP). O grupo de esquerda secessionista e anti-sistema se recusou a integrar a lista de unidade criada pelo presidente da Generalidade da Catalunha.

A presente eleição regional foi reivindicada por Mas como substituto ao plebiscito sobre a independência da região marcado para Novembro de 2014, mas cuja realização foi impugnada pelo Tribunal Constitucional.

Tendo conquistado a maioria absoluta no Parlamento, a intenção de Artur Mas é formar um governo de coligação a fim de, num prazo máximo de um ano e meio, lançar as bases para a proclamação da independência da região mais rica da Espanha. (dw.de)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA