Rússia entregou à Síria aviões de reconhecimento e combate, afirma fonte militar

(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)

A Rússia entregou nos últimos dias às Forças Armadas sírias pelo menos cinco aviões de combate, aviões de reconhecimento e material militar para a luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), afirmou à AFP uma fonte militar síria.

“Nossas Forças Armadas receberam de Moscovo pelo menos cinco aviões de combate e aviões de reconhecimento que ajudam a identificar os objectivos com uma grande precisão”, disse a fonte.

Também receberam “material de combate sofisticado para combater o EI”, completou a fonte, que pediu anonimato.

“São armas defensivas e ofensivas, particularmente armas sofisticadas que apontam com precisão e mísseis teleguiados”, disse.

Os aviões chegaram na sexta-feira a uma base militar na província de Latakia, reduto do presidente Bashar al-Assad, na região oeste do país.

“O efeito das armas russas começa a ser sentido no território sírio e o exército começou a utilizá-las nas cidades de Deir Ezzor e Raqa, particularmente contra as posições do EI”, destacou a fonte.

Outra fonte militar em Latakia disse à AFP que a Síria recebeu “aviões de reconhecimento russos que permitem às forças terrestres e aéreas identificar os alvos com precisão”.

Também receberam “radares e binóculos infravermelhos.

Pelo menos 38 jihadistas do Estado Islâmico (EI) morreram na segunda-feira em bombardeios aéreos do regime sírio contra posições do grupo na região central do país, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

afp_tickers (swissinfo)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA