Presidentes da Venezuela e da Colômbia reúnem-se 2a-feira para discutir crise

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que se reunirá na segunda-feira com o seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, para buscar uma solução para a tensão diplomática gerada pelo encerramento de vários cruzamentos fronteiriços.

“Conseguimos… Será na próxima segunda-feira em Quito (capital do Equador)”, disse Maduro nesta quarta-feira em Caracas.

O presidente do Equador, Rafael Correa, confirmou em um evento público que o encontro será realizado. A reunião foi acertada após mediação de Correa e do presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, que presidem os blocos regionais Celac e Unasul.

Santos havia adiantado na terça-feira a possibilidade de um encontro com o seu colega venezuelano, depois de observar que o governo de Maduro havia feito gestos no tratamento dado às pessoas que transitam a fronteira comum.

A Venezuela determinou o encerramento de alguns pontos da fronteira de 2.219 quilómetros desde Agosto, justificando a decisão pela necessidade de combater o contrabando e grupos paramilitares que operam na Colômbia.

Maduro disse que na reunião com Santos, pretende propor uma nova etapa na relacção fronteiriça. “Estou pronto. Tenho comigo a minha caneta para assinar um pacto de paz”, disse. (Swissinfo)

por Corina Pons, e Alexandra Valencia em Quito

reuters_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA