Presidente da ASSECA apela a valorização dos quadros de secretariado

LANVU AMÉLIA ANAEL, PRESIDENTE DA ASSECA - ASSOCIAÇÃO DAS SECRETÁRIAS DE ANGOLA (Foto: Angop)

A presidente da Associação das Secretárias de Angola (ASSECA), Lanvu Amélia Anael, apelou hoje, terça-feira, em Luanda, as instituições a valorizarem os diplomas dos quadros formados em secretariado, pois muitas das filiadas se formaram e continuam com as categorias antigas.

LANVU AMÉLIA ANAEL, PRESIDENTE DA ASSECA - ASSOCIAÇÃO DAS SECRETÁRIAS DE ANGOLA (Foto: Angop)
LANVU AMÉLIA ANAEL, PRESIDENTE DA ASSECA – ASSOCIAÇÃO DAS SECRETÁRIAS DE ANGOLA (Foto: Angop)

Segundo a responsável, que falava à Angop, é preciso que as instituições respeitem e enquadrem os secretários depois da sua formação superior, para desta forma incentivar os mais jovens a ingressar neste ramo.

“O que hoje se vê é que muitos técnicos licenciados em secretariado pela Universidade Agostinho Neto, que tem este curso implementado na Faculdade de Letras, não são reconhecidos nas suas instituições como tal”, realçou.

Pediu maior inclusão dos técnicos formados para melhor prestação de serviço e incentivar os mais novos a enveredar neste ramo do saber.

Por outro lado, apelou também aos encarregados de educação a incentivar e mobilizar os seus educandos a se inscrever nos cursos médios e superior de secretariado, pois é uma formação como as demais e que podem fazer carreira.

“Hoje muitos encarregados denigrem esta profissão, fazendo com que os seus educandos escolham outros cursos”, referiu.

A ASSECA foi fundada a 31 de Janeiro de 1998 e congrega perto de dois mil filiados, tendo delegações em todas as províncias do país. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA