Pesquisa aponta grande popularidade do Papa Francisco nos EUA

(Foto de Andrew Caballero-Reynolds/AFP)
(Foto de Andrew Caballero-Reynolds/AFP)
(Foto de Andrew Caballero-Reynolds/AFP)

O Papa Francisco, que visitará os Estados Unidos no fim de Setembro, é muito apreciado entre os americanos, embora a maioria da população não considere que a Igreja Católica esteja em um bom caminho, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

Dois terços dos americanos (66%) – incluindo ateus, protestantes e católicos, mulheres e homens – têm uma opinião favorável (48%) e muito favorável (18%) do papa.

Quase 20% dos americanos afirmaram não ter uma opinião formada sobre Francisco, de acordo com a pesquisa da Universidade de Quinnipiac.

Como era de esperar, os católicos são os mais numerosos no apreço pelo líder de sua Igreja (87%), seguidos pelos que dizem não seguir nenhuma religião (63%) e pelos protestantes (61%).

No entanto, os americanos são menos categóricos quando questionados sobre a Igreja católica.

De acordo com a pesquisa, 43% dos entrevistados acreditam que a Igreja está no bom caminho e 21% pensam o contrário, mas 35% não têm opinião a respeito.

Para 70% dos católicos americanos, a instituição religiosa está bem.

A pesquisa mostra ainda que 52% dos americanos acreditam que a as autoridades da Igreja católica têm uma postura próxima a de seus fiéis nos Estados Unidos, enquanto 38% pensam o contrário.

Os homens estão divididos neste ponto: 47% deles (contra 57% das mulheres) consideram que a Igreja católica está próxima de suas bases, mas 44% (34% das mulheres) opinam que está desconectada.

Outra pesquisa, do instituto Pew, divulgada na quarta-feira, indica que os católicos dos Estados Unidos se tornaram menos tradicionais do que se pensava, especialmente em temas como a família.

O papa Francisco tem viagem programada aos Estados Unidos em 22 de Setembro. Após uma reunião em Washington com o presidente Barack Obama no dia seguinte e um discurso no Congresso no dia 24, o pontífice viajará a Nova York em 25 de Setembro e para Filadélfia no dia 27 para o Encontro Mundial das Famílias. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA