Papa Francisco visita EUA

Papa Franscisco (santuarioaparecida.org)
Papa Franscisco (santuarioaparecida.org)
Papa Franscisco (santuarioaparecida.org)

Nos Estados Unidos espera-se, ansiosamente, a visita do Papa Francisco e até as lojas se prepararam para fazer lucro, com este momento importante para a comunidade católica, num país onde a percentagem de fiéis caiu de 24% em 2007 para 21% em 2014. Mas os representantes da Igreja Católica no país acreditam que o carisma do Sumo Pontífice pode ajudar a inverter a tendência:

“Muitos jovens dizem que querem ser mais ativos na partilha da sua experiência de fé com os outros. E eles estão a ir para as ruas, a convidar outros jovens a rezar, a reconsiderarem o lugar que Deus ocupa nas suas vidas. Isso é, de facto, algo novo”, adianta o Arcebispo de Washington, Donald Wuerl.

Apesar de, nos EUA, estar a aumentar o número de não cristãos e ateus, há quem acredite que a religião é importante no país, como explica Gregory Smith do Centro de Investigação Pew.

“Este é um país muito religioso, uma nação de crentes, um povo que diz, maioritariamente, que a religião é importante nas suas vidas. Ao mesmo tempo, os Estados Unidos estão a viver mudanças muito rápidas e drásticas. Estamos a ver o aumento no número de pessoas que diz que não acredita em nenhuma religião.”

Resta saber que resultado advirá da primeira visita, do Sumo Pontífice da Igreja Católica, aos Estados Unidos da América:

“É muito cedo para dizer se o “efeito Francisco” terá consequências aqui, ou seja, se se traduzirá, por exemplo, numa maior afluência às igrejas ou num maior apoio a obras de caridade. O que é certo é que o papa Francisco se converteu numa figura apreciada e respeitada nos Estados Unidos”. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA