Ler Agora:
PAIGC convoca reunião para escolher um novo Primeiro-Ministro
Artigo completo 2 minutos de leitura

PAIGC convoca reunião para escolher um novo Primeiro-Ministro

O PAIGC prepara-se agora a propôr um novo Primeiro-Ministro. (© Joe Penney/Reuters)

O PAIGC prepara-se agora a propôr um novo Primeiro-Ministro.
(© Joe Penney/Reuters)

O Chefe de Estado, José Mário Vaz, recebeu esta tarde todos os partidos com assento parlamentar, no intuito de discutir sobre a escolha de um novo Primeiro-Ministro. Em seguida, o Presidente guineense solicitou o PAIGC para lhe propôr uma lista de três nomes para ele escolher o futuro Primeiro-Ministro, ao que o partido maioritário respondeu convocando para esta noite uma reunião do seu Bureau Político para propôr um nome “de acordo com os estatutos” do partido. Paralelamente, a justiça guineense proibiu os membros do governo de Baciro Djá de entrar nos gabinetes.

Uma providência cautelar do Supremo Tribunal de Justiça proibiu hoje a entrada nos gabinetes aos membros do governo de Baciro Djá. Em comunicado enviado ao Supremo Tribunal de Justiça, o PAIGC entende que se o governo de Baciro Djá é considerado inconstitucional, o poder deve ser devolvido a Domingos Simões Pereira para a gestão dos assuntos correntes

Esta tarde após o seu encontro com o Presidente guineense e ainda antes deste último solicitar a escolha de 3 nomes ao PAIGC, Florentino Pereira -secretario geral do PRS– confirmou que José Mário Vaz iria dirigir o seu convite ao PAIGC e referiu igualmente ter aconselhado o Chefe de Estado a criar condições para que o futuro governo seja estável “para o país não tornar a estar confrontado com a crise” com a qual se debate actualmente.

Em reuniões continua também ex-presidente nigeriano e mandatário da CEDEAO. Obasanjo recebeu esta manhã a Comissão Permanente da Assembleia Nacional Popular e o plenário do Supremo Tribunal de Justiça e deve reunir-se esta tarde com o PRS. Ontem encontrou-se com José Mário Vaz e com os restantes partidos com assento parlamentar.

Raúl Braga Pires, especialista do mundo islâmico, antigo professor na Universidade de Rabat, dá o seu ponto de vista sobre a actual crise na Guiné Bissau. (RFI)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »