Cabo Verde vai investigar Fundo do Ambiente

(RFI)
(RFI)
(RFI)

O Ministério Público cabo-verdiano começou a investigar a alegada má gestão das verbas do Fundo do Ambiente. Em causa está uma queixa-crime apresentada pelo autarca, Manuel de Pina contra o ministro Antero Veiga.

Segundo Óscar Tavares, Procurador-Geral da República de Cabo Verde a investigação em curso vem na sequência de denúncias públicas.

A queixa-crime apresentada pelo autarca, Manuel de Pina (presidente da câmara da Ribeira Grande de Santiago, conhecida por “Cidade Velha”) acusa o ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território, Antero Veiga, de “gestão danosa, com indícios de corrupção e falta de transparência” do Fundo do Ambiente.

Por sua vez, Antero Veiga sublinha que se trata de uma encenação ridícula, garantiu que tem cumprido escrupulosamente a lei sobre o Fundo do Ambiente e que não tenciona pedir demissão. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA