Obama pede ‘Espanha forte e unida’ em encontro com rei Felipe VI

(Foto: Mandel Ngan/AFP/Arquivos)
(Foto: Mandel Ngan/AFP/Arquivos)
(Foto: Mandel Ngan/AFP/Arquivos)

O presidente americano, Barack Obama, fez um apelo por uma “Espanha forte e unida” ao receber o Rei Felipe VI na Casa Branca, nesta terça-feira.

“Em matéria de política externa, estamos profundamente comprometidos com manter uma relação com uma Espanha forte e unida”, disse Obama durante uma reunião com o monarca espanhol.

“Acreditamos que a presença da Espanha é importante não apenas na Europa, mas também nos Estados Unidos e no mundo”, acrescentou o presidente americano.

O contexto das palavras não foi explícito, mas a mensagem de Obama surge poucos dias depois que uma multidão foi às ruas de Barcelona, na última sexta-feira, pela independência da Catalunha.

Obama e Felipe VI também conversaram sobre temas migratórios, revisaram acordos de segurança e cooperação económica, enquanto a rainha Letizia era recebida pela primeira-dama Michelle Obama.

O presidente americano expressou ainda seu desejo de visitar a Espanha antes de concluir seu mandato no início de 2017.

Os Reis espanhóis começaram seu primeiro dia nos Estados Unidos com uma visita ao Panteão e à residência de George Washington pela manhã.

Na quarta-feira, o rei Felipe VI presidirá um café da manhã de trabalho com empresários espanhóis e americanos e, à noite, participará de um jantar em sua homenagem oferecido pela Universidade de Georgetown. O monarca fez um Mestrado em Relações Internacionais na instituição.

Nesse mesmo dia, ele também falará em um encontro de cientistas espanhóis.

Na quinta-feira, o casal Real visitará a cidade de San Agustín (Florida, sudeste), a mais antiga localidade do país. A cidade celebra 450 anos, desde a sua fundação pelo marinheiro e colonizador espanhol Pedro Menéndez de Avilés.

Os Reis encerram sua estadia em San Agustín e nos Estados Unidos com a sua participação na abertura do XX Fórum Espanha-EUA. (AFP)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA