Obama diz que ciberataques da China são ‘inaceitáveis’

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente americano, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que os ciberataques da China são “inaceitáveis”, uma mensagem que emitirá quando o presidente chinês, Xi Jinping, visitar a Casa Branca neste mês.

Obama informou que buscará acordar com seu homólogo chinês normas para frear a escalada de ataques informáticos, embora tenha assegurado que os Estados Unidos têm capacidade para ganhar a queda de braço neste campo.

“Garanto que podemos ganhar se tivermos que fazê-lo”, declarou o presidente americano.

“Chega um momento no qual consideramos este assunto como uma ameaça ao coração da segurança nacional e vamos tratá-lo como tal”, prosseguiu.

A visita do presidente Xi, cuja data exacta ainda não foi divulgada, acontecerá próximo ao 25 de Setembro, quando está previsto o início da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Os recentes casos de pirataria informática, como o roubo de dados pessoais de milhares de funcionários federais americanos atribuídos à China pela imprensa americana, têm envenenado a relação entre as duas potências.

Um funcionário americano confirmou no final de Agosto que os Estados Unidos preparam sanções económicas contra pessoas e organizações chinesas suspeitas de estarem vinculadas a estes ataques. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA