O partido de Joana Amaral Dias promete por “tudo a nu”

Combater a corrupção e reforçar a qualidade da democracia são objetivos do Agir (Foto: Tiago Petinga / LUSA)
Combater a corrupção e reforçar a qualidade da democracia são objetivos do Agir (Foto: Tiago Petinga / LUSA)
Combater a corrupção e reforçar a qualidade da democracia são objetivos do Agir (Foto: Tiago Petinga / LUSA)

O movimento Agir apresentou o seu programa eleitoral e garante que governar com o PS está fora de questão

“O principal objetivo desta conferência de impresa é por tudo a nu!” avisou Gil Garcia, dirigente do Movimento Alternativa Socialista (MAS) que, com o Partido Trabalhista Português (PTP) foram a coligação Agir, que concorre às legislativas.

Com a candidata a deputada Joana Amaral Dias, o rosto mais conhecido da aliança – que causou polémica por ter pousado despida para duas revistas – a seu lado, a declaração de Garcia, que até criticou a camarada pela sua iniciativa, não podia ter soado pior.

Mas, afinal, tratava-se de um metáfora que significava o “combate” que este movimento quer travar contra a corrupção e pela democratização do país, seus principais lemas de campanha.

Joana Amaral Dias nem deixou escapar qualquer sinal de perturbação. “Vamos por a nu os podres do podres do regime, que são muitos e têm que ser postos a nu”, frisou o líder do MAS, dando alguns exemplos do que : “o escândalo das reformas milionárias, o fardo para a vida das pessoas que é o IMI, as penhoras das primeiras habitações, o sistema monetário Euro, sobre o qual o Agir defende um referendo”. (DN)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA