Namibe: Comunidade do 5 de Abril conta com uma nova escola

Rui Falcão, governador do Namibe (Foto: Angop)

Namibe- Uma escola de 12 salas de aulas para mais de mil alunos foi inaugurada hoje, quinta-feira, pelo governador da província do Namibe, Rui Falcão, no âmbito das comemorações do 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional.

Rui Falcão, governador do Namibe (Foto: Angop)
Rui Falcão, governador do Namibe (Foto: Angop)

A escola vocacionada para a formação de professores “Magistério Primário” conta ainda com gabinetes para os diretores pedagógico e administrativo, sala dos professores, secretaria e outros compartimentos.

Tem, no presente ano lectivo,  673 alunos matriculados nos três turnos, dos quais 516 destinados a frequentarem o curso do magistério primário e 157 para o pré-escolar.

Numa mensagem lida pela aluna Maravilha Henda, em nome da comunidade estudantil,  avança que a instituição será capaz de formar quadros capazes e brilhantes para servirem com zelo e eficácia à província do Namibe e não só.

“ Uma sociedade só é solida quando aposta na formação multifacetada do individuo dando-lhes bases propicias, eficazes e eficientes para que consiga actuar positivamente na sociedade que o circunda, para tal é fundamental que os futuros professores sejam capacitados de conhecimentos para que inequivocamente contribuam para o desenvolvimento do pais”, lê-se na mensagem.

Os alunos comprometeram-se ainda em conjunto com os professores pais e encarregados de educação em cuidar a infr-aestrutura.

Pais e encarregados de educação solicitam ao governo do Namibe no sentido de melhorar a via que dá acesso a referida escola, por forma a facilitar a transportação não só dos seus educandos mas também dos próprios docentes.

O governador da província do Namibe, Rui Falcão, disse que o governo vai continuar a trabalhar construindo novas infra-estruturas económicas e sociais, por forma a melhorar o nível de vida das populações.

“Temos o compromisso com o nosso povo, prometemos que iriamos colocar ao dispor da comunidade uma escola e é preciso dizer, com orgulho, que na República de Angola estamos a construir escolas muito melhor do que aquelas em que estudamos no regime colonial, por isso vamos continuar a cumprir com o programa que nos propusemos nas eleições de 2012″, disse. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA