Multadas em US$ 260 duas mulheres no Irão por mau uso do véu islâmico

Mulheres fazem compras em Teerão (Foto de Atta Kenare/AF)
Mulheres fazem compras em Teerão (Foto de Atta Kenare/AF)
Mulheres fazem compras em Teerão (Foto de Atta Kenare/AF)

Duas mulheres iranianas foram condenadas em Teerão a pagar uma multa de 260 dólares por “usarem de maneira errada o véu islâmico”, informaram nesta quarta-feira os meios de comunicação iranianos, citando um responsável judicial.

“Nos últimos dias, foram examinados vários casos no âmbito da luta contra o mau uso do véu e em ambos os casos as acusadas foram condenadas a pagar uma multa de 9 milhões de riais iranianos”, 260 dólares ou 230 euros, declarou, sem fornecer mais detalhes, este responsável de um tribunal de Teerão, citado pelo jornal Arman.

Desde a revolução islâmica de 1979, é obrigatório que as mulheres usem véu, tanto as iranianas quanto as estrangeiras.

Mas desde meados dos anos 1990 está ocorrendo um relaxamento progressivo do uso do véu.

A polícia realizou várias campanhas nos últimos anos para fazer esta obrigação ser respeitada.

Em alguns bairros ricos do norte de Teerão, que conta com 12 milhões de habitantes, não é raro ver mulheres com o véu sobre os ombros.

O presidente moderado Hassan Rohani, eleito em Junho de 2013, defende uma maior abertura política e social, principalmente no que se refere aos códigos de vestimenta.

No início de Setembro, um responsável da polícia anunciou que seriam confiscados os veículos das mulheres que dirigirem sem véu ou com o véu mal colocado, ou no qual estejam mulheres sem o acessório. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA