Moxico: Acidente de Viação mata cidadãos estrangeiros

Comandante da Unidade Operativa de Trânsito, superintendente, João Chissende (Foto: Luena-Moxico)
Comandante da Unidade Operativa de Trânsito, superintendente, João Chissende (Foto: Luena-Moxico)
Comandante da Unidade Operativa de Trânsito, superintendente, João Chissende (Foto: Luena-Moxico)

Dois cidadãos somalis e uma zambiana morreram nas últimas 24 horas na comuna do Lucusse, município do Moxico (sede), vítimas de acidentes de viação informou hoje, no Luena, o comandante da Unidade Operativa de Trânsito, superintendente chefe, João Chissende.

O oficial superior disse à Angop que os três cidadãos estrangeiros faziam transportar-se, com mais 10 ocupantes a bordo, numa viatura oriundos do município dos Bundas, a sul do Luena, com destino a esta cidade e, posteriormente, ao Lobito (Benguela).

Explicou que a 88 quilómetros de atingir o Luena, na localidade de Canaje, comuna do Lucusse, município do Moxico (sede), a viatura que encontrava-se em mau estado técnico capotou, morrendo no local dois cidadãos somalis e deixando sete feridos graves, enquanto o motorista e mais dois cidadãos saíram ilesos e puseram-se em fuga.

Já a cidadã zambiana, com nome não identificado e constava entre os sinistrados que inspiravam cuidados, faleceu hoje no Hospital Geral do Moxico (HGM), e três outros receberam alta por melhoria.

Mohammade Sherife, outro estrangeiro que sofreu uma contusão na clavícula esquerda disse à Angop, que o acidente aconteceu quando estoiraram os pneus traseiros, agravado ao excesso de velocidade. desconfirmou a possível condução em estado de embriaguez por parte do condutor.

João Chissende informou que o motorista, de nacionalidade angolana, foi detido pelos Serviços de Investigação Criminal (SIC), por precaução. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA