Ministro francês critica discriminação religiosa envolvendo refugiados

O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve (Foto de LOIC VENANCE/AFP)
O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve (Foto de LOIC VENANCE/AFP)
O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve (Foto de LOIC VENANCE/AFP)

O ministro francês do Interior condenou nesta terça-feira as declarações de prefeitos que se disseram dispostos a receber apenas refugiados cristãos, no momento em que a Europa enfrenta uma onda de migração de Oriente Médio e África.

“Não entendo essa distinção, condeno e nocivo”, afirmou o ministro Bernard Cazeneuve à televisão France 2.

“Na Síria, há toda uma série de minorias perseguidas. Os cristãos do Oriente devem ser recebidos, mas também há muçulmanos que sofrem perseguições e membros de outras minorias perseguidos com igual grau de barbárie”, declarou.

Alguns prefeitos franceses se disseram dispostos na segunda-feira a acolher refugiados em suas cidades desde fossem de religião cristã. Um deles justificou sua postura devido ao “risco de terrorismo”. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA