Ministro da Defesa preside acto do Dia do Herói Nacional

Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (Foto: Pedro Parente)
Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (Foto: Pedro Parente)
Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (Foto: Pedro Parente)

O ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, vai presidir ao acto central nacional do Dia do Herói Nacional, 17 de Setembro, no município do Cuanhama, província do Cunene, sob o lema “Angola 40 anos: independência, paz, unidade nacional e desenvolvimento”.

A informação foi avançada hoje, quarta-feira, à Angop, pelo governador em exercício da província do Cunene, Cristino Mário Ndeitunga, à margem de uma palestra subordinada ao tema “o contributo do Dr. Agostinho Neto no processo de libertação de Angola e da África Autral”.

Confirmou que está tudo a postos para o evento, com vista a proporcionar um 17 de Setembro condigno, tendo em conta a figura e dimensão do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto.

Para a celebração da efeméride, o Ministério da Administração do Território (MAT) programou uma série de actividades de âmbito político-social, cultural e desportivas, com o objectivo de enaltecer a figura e a obra do fundador na nação.

Nascido a 17 de Setembro de 1922, na aldeia de Kaxicane, no município de Icolo e Bengo, na província de Luanda, Agostinho Neto era médico de profissão, poeta por vocação e líder por natureza, tendo falecido em 10 de Setembro de 1979, em Moscovo, por doença.

O dia 17 de Setembro, instituído feriado nacional em 1980 pela então Assembleia do Povo, um ano após o seu falecimento, na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, deve-se, também, ao reconhecimento do seu empenho na libertação de Angola, em particular, e do continente africano.

Fruto da sua entrega à causa libertadora dos povos, o Zimbabwe e a Namíbia ascenderam igualmente à independência, assim como contribuiu para o fim do Apartheid na África do Sul. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA