Ministra das Pescas admite exportação de pescado de Benguela

Ministra das Pescas, Victória Barros (Foto: Alberto Julião/arquivo)
Ministra das Pescas, Victória Barros (Foto: Alberto Julião/arquivo)
Ministra das Pescas, Victória Barros (Foto: Alberto Julião/arquivo)

O peixe da costa marítima da região do Egipto Praia, município do Lobito (Benguela), apresenta qualidades naturais para ser comercializado no mercado internacional, afirmou segunda-feira a ministra das Pescas, Victória de Barros, durante um encontro com a comunidade piscatória da região.

Segundo a governante, que durante três dias vai trabalhar em Benguela, os produtos do mar de Egipto Praia detêm boa qualidade que deve ser complementada com um bom processamento.

Após assistir a apresentação do projecto de construção da fábrica da Globalpex, no Egipto Praia, Victória de Barros informou estar em curso a criação de condições para melhorar processamento do pescado.

O Executivo está a fazer a sua parte ao criar as condições materiais e espera dos pescadores o aumento dos níveis de produção, salientou.

A ministra das Pescas, Victória de Barros encontra-se na cidade de Benguela desde segunda-feira para uma visita de trabalho.

No cumprimento da agenda de trabalho, Victória de Barros já visitou a empresa Lobinave, o centro de aquicultura da Canjala, e as obras de dois centros de conservação e processamento de pescado.

Hoje, terça-feira, a governante vai ao município da Baía Farta, onde vai constatar o desenvolvimento de empresas ligadas ao ramo. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA