Migrantes: Hungria fecha fronteiras e Croácia é nova rota rumo à Alemanha

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A Croácia é a nova rota de migração para os refugiados que querem chegar à Alemanha. Depois de ter montado uma barreira na fronteira com a Sérvia, a Hungria decidiu encerrar também a fronteira com a Croácia, e os migrantes começam a dirigir-se para a Eslovénia.

Segundo o ministério do Interior croata, mais de 11 mil migrantes entraram na Croácia vindo da Sérvia, desde quarta-feira. As autoridades croatas dizem-se incapazes de lidar com a situação e decidiram fechar sete das oito passagens fronteiriças.

Na estação ferroviária de Tovarnik, na fronteira serbo-croata, milhares de pessoas procuram entrar em comboios sobrelotados rumo à capital croata, Zagreb, a 30 quilómetros da Eslovénia.

Em Tovarnik, na sexta-feira, a polícia croata começou a encaminhar os migrantes para autocarros que os transportam para centros de registo em Beli Manastir e em Zagreb.

A nova política migratória da Hungria, que prevê a deportação sumária de refugiados, foi entretanto criticada pelo Alto-Comissário da ONU para os Direitos Humanos, que a classificou de “violação clara das leis internacionais”, depois de, na quarta-feira, a polícia húngara ter respondido com gás lacrimogéneo e canhões de água a um protesto de centenas de migrantes concentrados do lado sérvio da fronteira. (Euronews)

por Nelson Pereira

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA