Lunda Sul: População exortada a denunciar falsos terapeutas tradicionais

ANTÓNIO IZUMBO - DIRECTOR PROVINCIAL DA CULTURA NA LUNDA SUL (Foto: Angop)

Saurimo- – O director provincial da Cultura na Lunda Sul, António Izumbo, exortou hoje, terça-feira, em Saurimo, a população com conhecimento da existência de falsos terapeutas e parteiras tradicionais, a denuncia-los, de modo a serem julgados em fórum próprio.

ANTÓNIO IZUMBO - DIRECTOR PROVINCIAL DA CULTURA NA LUNDA SUL (Foto: Angop)
ANTÓNIO IZUMBO – DIRECTOR PROVINCIAL DA CULTURA NA LUNDA SUL (Foto: Angop)

Ao intervir no encontro de esclarecimento de tratamento com terapeutas tradicionais, promovido pela direcção da Cultura, António Izumbo disse que existência de falsos médicos no país põe em perigo a vida de muitas pessoas, daí a necessidade de serem denunciados.

“ É preciso estarmos atentos porque estes falsos terapeutas e parteiras enganam muita gente, sobretudo pessoas desesperadas para angariarem fundos, por isso, aconselho a confirmar, antes de tudo, se o terapeuta é legalizado e se está em condições para exercer as suas funções”, alertou.

Por outro lado, informou que o encontro com os terapeutas e parteiras tradicionais teve como objectivo constatar a legalização das pessoas que trabalham nestas áreas e ter o conhecimento exacto de quantos exercem a medicina tradicional, visto que o trabalho que eles realizam envolve vidas humanas.

Fez saber que a sua instituição, a par deste encontro, tem agendado um ciclo de palestras dirigidas a vendedoras de plantas medicinais e responsáveis de postos e centros de medicina tradicional e natural. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA