Lunda Sul: PGR regista mais de mil processos crimes

João Carlos Pedro, sub- procurador-geral da República na Lunda Sul (Foto: Silvina Lembeno)
João Carlos Pedro, sub- procurador-geral da República na Lunda Sul (Foto: Silvina Lembeno)
João Carlos Pedro, sub- procurador-geral da República na Lunda Sul (Foto: Silvina Lembeno)

Mil e quarenta e um processos crimes foram registados no primeiro semestre do ano em curso pela Procuradoria-Geral da República (PGR) na província da Lunda Sul.

Em declarações à Angop, a propósito das actividades desenvolvidas pela instituição, durante o período em referência, o sub- procurador-geral da República, João Carlos Pedro, salientou que os processos crimes, resultaram na detenção de mil e 120 cidadãos, sendo que 670 foram colocados em liberdade, e 105 julgados, dos quais 33 menores em conflito com a lei.

Sem avançar dados comparativos, disse que no mesmo período foram remetidos 174 processos ao tribunal provincial, bem como conduzidos 345 arguidos à penitenciária, realizados 116 julgamentos sumários e a entrada de 13 processos de conflitos de trabalho.

Informou que foram igualmente notificados 46 processos de protecção à assistência alimentar, bem como recebidos 94 processos crimes, que resultaram em 62 acusados em querela. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA