Jogos Africanos: Apurado para Rio2016 porta bandeira de Angola na abertura

Bandeira De Angola (D.R)

Brazzaville   – Numa noite emocionante para a juventude africana, o nadador Pedro Pinotes, que recentemente obteve os mínimos para os jogos olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, foi o porta-bandeira da delegação Angolana sexta-feira na cerimónia oficial de abertura da XI edição dos jogos africanos Brazzaville2015

Bandeira De Angola (D.R)
Bandeira De Angola (D.R)

Vestida com fato olímpico vermelho, amarelo e preto, Angola foi a quarta nação a desfilar no Estádio de Kintele com três quartos dos seus 60 mil lugares preenchido incluindo uma dezena de Chefes de Estado ou seus representante, incluindo o Ministro da Defesa de Angola, João Lourenço, em representação do Presidente José Eduardo dos Santos.

O espectáculo de abertura dos jogos que celebram o cinquentenário deste evento produziu muita emoção entre os presentes, pelas abordagens e coreografia apresentadas, e a harmonia do tradicional com o moderno e a tecnologia, que  causaram efeitos especiais na noite escura de Kintelé.

Iniciada perto das 19h00, o programa incluiu os habituais discursos de ocasião, passagem do testemunho de Maputo para Brazzaville, desfile das delegações participantes. Moçambique foi o primeiro a passar na sua condição de anterior anfitrião. Seguiram-se os países por ordem alfabética com os nomes escritos em francês, daí que Angola fosse o quarto a desfilar, porque antes vieram Argélia e Africa do Sul.

Nas intervenções, destaque para a presidente da comissão da União Africana, Ndlamine Zuma, que expressou o carinho pela juventude e citando Nelson Mandela, sublinhou a força que esta tem para influenciar o mundo, e o Chefe de Estado anfitrião, Sassou Nguesso, que declarou abertos os Jogos, não sem antes também endereçar palavras de afecto aos jovens e desportistas.

Houve ainda homenagens aos desportistas locais e, na parte mais cultural, milhares de jovens apresentaram coreografias das mais diversificadas, e cenários que se rementem à história do país, danças tradicionais locais ao som do batuque, e mostraram as modalidades desportivas.

O espectáculo, que encantou os presentes, pelas manifestações demonstradas durante e após o evento, e esteve sempre sob “observação” de quatro gigantes elefantes, colocado em cada extremidade do rectângulo de jogo e ainda dois animais da fauna congolesa, encerrou perto das 22h00 com música e fogo de artifício.

Apesar de só agora ter ocorrido a cerimónia oficial de abertura, as competições iniciaram-se no dia 2 e Angola já competiu em esgrima e ginástica. Hoje chegou o basquetebol, que se junta ao boxe, esgrima, ginastica, natação, karaté, halterofilismo adaptado, volei de praia. no total, serão 15 modalidades a representar o país, que quer melhor do que o décimo lugar da edição anterior que foi o seu melhor de sempre.(portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA