Jogos Africanos: Andebol feminino inicia corrida à revalidação

Jogo entre a Selecção de Angola e Tunisia (Foto: Gaspar Dos Santos/ Arquivo)
Jogo entre a Selecção de Angola e Tunisia (Foto: Gaspar Dos Santos/ Arquivo)
Jogo entre a Selecção de Angola e Tunisia (Foto: Gaspar Dos Santos/ Arquivo)

Com objectivo de revalidação do título, a selecção sénior feminina de andebol inicia, nesta quinta-feira, com o Quénia, os Jogos Africanos que decorrem no Congo Brazzaville.

Na terra da finalista derrotada em Maputo2011 (Angola/Congo Brazzaville 42-22), as hendeca-campeãs africanas participam na festa do cinquentenário dos jogos com uma selecção sem algumas das principais integrantes. Natália Bernardo e Luisa Quiala são os exemplos mais notáveris.

O combinado nacional realizou a preparação no país, aliás, como quase todas as representações do país ao evento, com destaque para os três jogos de controlo com a anfitriã, actualmente orientada pelo angolano Vivaldo Eduardo.

Nos dois primeiros amistosos as angolanas venceram pelos mesmos cinco pontos de diferença (28-23 e 29-24) e o último terminou com empate a 30 golos.

Participarão no torneio, a ser disputado no pavilhão multiusos do complexo desportivo de Kintelé, 12 selecções divididas em quatro séries, sendo que o sete nacional está enquadrado no grupo C com o Quénia e Nigéria.

No grupo A estão os Camarões, Senegal e Mali. No B figuram o Burkina Faso, Madagáscar e a selecção de casa e no D o Congo Democrático, Costa do Marfim e Zâmbia.

A competição será disputadax no sistema todos contra todos a uma volta, passando para a fase seguinte as duas melhores de cada grupo.

Constituição da selecção nacional: Helena de Sousa, Teresa de Almeida, Dalva Peres, Vilma Neganga, Elizabeth Cailo, Elizabeth Viegas, Maura Galheta, Matilde André, Marta Santos, Azenaide Carlos, Cristina Branco, Wuta Dombaxi, Isabel Guialo, Teresa Leite, Janeth dos Santos, Lurdes Monteiro e Rissia Oliveira. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA