Jeremy Corbyn: Liderança do Partido Trabalhista inclina-se para a esquerda

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

Em poucas semanas, Jeremy Corbyn passou de pouco conhecido a favorito ao cargo de líder do Partido Trabalhista, no Reino Unido. A ascensão notável desta figura de esquerda está a chamar a atenção e os especialistas defendem que Corbyn pode vir a dividir, fatalmente, o partido da oposição britânica.

Jeremy Corbyn está em competição direta com Andy Burnham, Yvette Cooper e Liz Kendall na linha de sucessão a Ed Miliband – que se demitiu depois dos conservadores terem mantido o poder nas eleições de maio.
Tem 66 anos e foi eleito, pela primeira vez, em 1983 – para o cargo de deputado de Islington North (Londres).

Qual a visão política de Jeremy Corbyn?

O jornal El País compara-o ao líder do partido espanhol Podemos, Pablo Iglesias. Jeremy Corbyn denuncia a desigualdade social e as políticas de austeridade defendidas por Merkl. Corbyn é, claramente, o mais esquerdista dos quatro candidatos à liderança. Um dos elementos centrais da sua ideologia trabalhista é o regresso ás raízes socialistas do partido. Pretende fazer com que as indústrias centrais voltem a ser nacionalizadas e às mãos do Estado.

Tony Blair rejeitou esta política e foi eleito três vezes. A sua visão era mais orientada para o negócio e para a propriedade privada. Algo que, em várias opiniões, fez com que o Partido Trabalhista aumentasse as hipóteses de chegar ao poder.

Qual o impacto da sua candidatura no seio do partido?

Há receios de divisão no seio do partido, devido à forte orientação esquerdista de Jeremy Corbyn. Tony Blair manifesta-se inteiramente contra a eleição deste candidato.

Por outro lado, os apoiantes de Corbyn vieram dizer que figuras centristas do Partido Trabalhista traíram as raízes do partido, ao copiar as políticas conservadoras, nas últimas eleições.

Qual a posição dos Conservadores atualmente no poder?

Os Conservadores não poderiam estar mais contentes com a ascensão de Corbyn. As figuras centrais de direita esperam assistir a uma possível divisão no Partido Trabalhista. Estão confiantes que Jeremy Corbyn não terá perfil para convencer nas próximas eleições, devido à sua posição radical – uma posição que dizem ser pouco apreciada pela maioria dos britânicos.

<h3?>O que acontece a seguir?

A votação termina a 10 setembro e os resultados vão ser anunciados dois dias depois. Os eleitores escolhem um candidato e também uma segunda escolha. O candidato que obtiver mais de 50% dos votos será o vencedor. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA