Japoneses manifestam-se contra projecto de lei de Defesa

(AFP)
(AFP)

Os japoneses saíram às ruas nesta quarta-feira para protestar contra a lei que autoriza o envio de soldados para combater no exterior pela primeira vez em setenta anos.

Cerca de 13.000 pessoas, segundo a polícia, e 35.000 segundo os organizadores, reuniram-se em frente ao Parlamento, em Tóquio, sob fina chuva, para exigir que o projecto seja abandonado.

A votação de uma comissão parlamentar encarregada de debater estas leis foi postergada várias vezes na noite de quarta-feira depois que deputados da oposição bloquearam as portas do Parlamento, o que levou o governo a deixar a votação para a manhã desta quinta-feira.

Estes textos contemplam ampliar o papel do Exército japonês, limitado desde a Segunda Guerra à autodefesa e a operações de apoio.

Várias centenas de pessoas também se reuniram nesta quarta em frente a um hotel de Yokohama, no sul de Tóquio, onde parlamentares realizavam um exame destes textos. (Swissinfo)

afp_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA