Islamitas ganham regionais no Marrocos

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O partido islamita Justiça e Desenvolvimento (PJD), do primeiro-ministro Abdelilah Benkirane, ganhou sua aposta nas eleições locais de sexta-feira no Marrocos, ao vencer as regionais e ficar em terceiro nas comunais, segundo números divulgados neste sábado pelo Ministério do Interior.

O PJD conseguiu 174 cadeiras de 678 nos conselhos regionais (25,6%), seguido de seu grande rival, o opositor Autenticidade e Modernidade (PAM, liberal), com 132 cadeiras (19,4%) e o Partido Istiqlal (PI, conservador) com 119 assentos (17,5%).

Os marroquinos elegeram pela primeira vez seus conselheiros regionais por sufrágio universal directo. O PJD ficou em primeiro em três das quatro regiões mais povoadas do país, incluindo as que dependem das grandes cidades, Casablanca, Rabat e Fes.

No nível dos municípios, com 31.503 acentos em jogo, ganhou o PAM, partido fundado em 2008 por um conselheiro do rei Mohamed VI, com 21,1% (6.655 assentos), seguido do PI (16,2%, 5.106). O PJD ficou em terceiro (15,9%, 5.021), segundo os resultados que ainda não haviam sido oficializados na noite de sábado.

A participação nas eleições locais foi de 53,6%, um pouco maior dos que os 52,4% das eleições comunais e regionais de 2009.

Nas legislativas do final de 2011, o PJD conseguiu uma vitória histórica, em meio aos protestos da Primavera Árabe, que levou o rei Mohamed VI a adoptar uma nova constituição. (

DEIXE UMA RESPOSTA