Indecisos são (afinal) menos. Mas a sua decisão pode pesar mais

(DR)
(DR)
(DR)

Existem menos eleitores indecisos em comparação com as últimas legislativas, mas o peso do seu voto poderá ser mais decisivo.

Em comparação com 2011, no passado mês de junho, quando estávamos a 100 dias das eleições legislativas, existiam, segundo o Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica, menos indecisos.

Posto isto, refere o Diário de Notícias, parece não se confirmar a ideia de que este ano eleitoral tem mais indecisos do que o verificado em escrutínios anteriores. O que se passa é que a batalha entre PSD/CDS e PS está muito mais renhida.

Por este motivo, Pedro Magalhães, especialista em política do Instituto de Ciências Sociais, refere que é “legítimo concluir que podendo haver menos indecisos eles serão na verdade mais decisivos”.

Já no que diz respeito à decisão final, isto com base em inquéritos realizados desde 2012, o perito defende que o que se nota é que quem se decide mais tarde tende a apoiar o CDS-PP ou o Bloco de Esquerda. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA