Huíla: Omatapalo desenvolve projecto agro-industrial no Perímetro Irrigado das Gangelas

Huíla: Área de cultivo das Gangelas (Foto: Romme Ananás)
Huíla: Área de cultivo das Gangelas (Foto: Romme Ananás)
Huíla: Área de cultivo das Gangelas (Foto: Romme Ananás)

Um projecto de fomento agro-industrial está a ser desenvolvido, desde Agosto, pelo grupo empresarial Omatapalo, no Perímetro Irrigado das Gangelas, no município da Chibia, província da Huíla, no âmbito da diversificação da economia.

Falando à Angop, quarta-feira, 09, a administradora técnica da Sociedade de Gestão do perímetro Sogangelas, Josefa da Silva, frisou que foram concedidos 100 hectares de terras à firma, para a exploração agrícola e a instalação de unidades fabris de transformação e de conservação de produtos agrícolas.

Sem avançar o investimento a ser feito pela empresa, a responsável frisou que a mesma prevê uma produção em grande escala de cereais, hortícolas, tubérculos e frutas, assim como a instalação de maquinarias para o seu processamento, visando abastecer o mercado nacional.

Josefa da Silva disse que a Omatapalo está instalada na zona da segunda fase do perímetro, estando já em curso trabalhos de desmatamento, limpeza, abertura de picadas e outros na intenção de materializar o projecto.

Manifestou a sua satisfação, já que, no seu entender, este projecto vai contribuir para o aumento da produção no perímetro e, consequentemente, ajudar a combater à fome à pobreza a nível do município e não só.

Salientou que a Sogangelas está aberta a outros investidores nacionais e estrangeiros que queiram fazer investimentos no perímetro, que conta com um sistema de regadio por aspersão, uma barragem para contenção de três milhões de metros cúbicos de água e dois canais com ramificações que se estendem por 24 quilómetros.

Recentemente foi instalada pelo governo uma mini-hídrica com capacidade de produção de 1,2 megawatts de electricidade que deverá abastecer o perímetro, numa primeira fase, prevendo-se, numa segunda, alimentar a vila sede.

Actualmente estão a explorar o perímetro 83 produtores, entre camponeses, agricultores e jovens empresários agrícolas.

A Chibia situa-se a 42 quilómetros a sul do Lubango. Tem uma população de 181 mil e 431 habitantes cuja agro-pecuária é a sua principal base de sustento. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA