Huíla: Ministro da saúde pede estilos saudáveis de vida para prevenir doenças cardiovasculares

Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Antonio Escrivao)
Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Antonio Escrivao)
Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Antonio Escrivao)

O ministro da saúde, José Van-Dunem, apelou sexta-feira, no Lubango, província da Huíla, aos serviços de saúde e a sociedade em geral, a trabalharem em conjunto, com vista a promoção de estilos de vida saudáveis para prevenir e conter muitas mortes por doenças cardiovasculares.

O governante falava num encontro, que reuniu académicos e profissionais da saúde no intuito de melhorar as suas competências técnico-científicas e colocá-las ao serviço do cidadão, no quadro das comemorações do dia do coração, assinalado no mesmo dia sob o lema “Meu Coração, Minha Vida”.

José Van-Dunem disse ser uma data importante que serve para recordar a todos sobre a necessidade de cuidarem deste órgão vital, realizando acções conjuntas para promover estilos de vida saudáveis e prevenir mortes por doenças do coração.

Apontou como principais causas de doenças cardíacas, a hipertensão arterial e a diabete, geralmente provocadas por maus hábitos de vida, nomeadamente, obesidade, o tabagismo, sedentarismo e a ingestão alcoólica desregrada, entre outros.

“Não posso deixar de expressar a minha satisfação pela importância que a província dá as doenças cardiovasculares, manifestada pela realização das primeiras jornadas de cardiologia e hipertensão, pois trata-se de um tema actual, que constitui uma preocupação para o sector”, continuou.

As I Jornadas de Cardiologia e Hipertensão Arterial decorreram em simultâneo com o I Congresso Multidisciplinar e as V Jornadas Técnicas Cientificas do Hospital Central “Agostinho Neto”, nos últimos três dias na cidade do Lubango.

Os três eventos decorreram sob o lema: “As Ciências da Saúde ao Serviço do Povo, nos 40 anos de Independência” e reuniu académicos e especialistas para a actualização de conhecimentos técnico-científicos e práticos em múltiplas especialidades médicas.

Destacaram-se as especialidades em saúde pública, gastroenterologia, cardiologia, pediatria, ortopedia, cirurgia, neurologia, e outras áreas da saúde. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA