Huíla: Escola de formação profissional abre para 650 jovens

Huíla: Escola de formação profissional (Foto: Angop)

Lubango – Seiscentos 50 jovens vão frequentar este ano cursos profissionais na escola técnica “Organização Juvenil para o Desenvolvimento Social”, entregue quinta-feira pelo governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge.

Huíla: Escola de formação profissional (Foto: Angop)
Huíla: Escola de formação profissional (Foto: Angop)

Edificada no âmbito do Programa de Investimentos Púbicos (PIP), de 2013, a instituição vai leccionar cursos de contabilidade, corte e costura, construção civil, agronomia, mecânica, electricidade, serralharia, culinária, hotelaria, jornalismo e inglês.

Com 11 salas, para aulas práticas e teóricas, a escola conta com sectores administrativos, recreativos e culturais.

Na ocasião, o responsável pelo centro, Francisco Pólo Chivelavela, disse que o projecto iniciou em 1992, na missão católica do Lubango, quando um grupo de alunos de educação moral e cívica resolveu formar um centro de formação profissional.

Desde então, segundo Francisco Pólo Chivelavela, 15 mil técnicos já foram formados, a maior parte estão enquadrados no mercado de trabalho.

Presente ao acto, director provincial da educação, Américo Chicoti, disse que o centro vai reforçar a qualidade de ensino na província bem como diversificar o sistema educativo.

Existem na cidade do Lubango dois centros de formação profissional e estão em construção outros dois. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA