Francisco Lopes diz que Costa cairá “num buraco negro”

Francisco Lopes (D.R)

O presidente da Câmara Municipal de Lamego lembrou hoje a demissão “irrevogável” de Paulo Portas, para elogiar o Governo, e comparou o secretário-geral do PS a uma estrela cadente que cairá com estrondo num buraco negro.

Francisco Lopes  (D.R)
Francisco Lopes (D.R)

Num almoço de campanha da coligação PSD/CDS-PP, em Lamego, Francisco Lopes dirigiu-se ao “ex-colega” António Costa, dizendo-lhe: “A sua estrelinha carismática e de campeão invencível com que derrubou o doutor Seguro e chegou à liderança do PS é hoje uma estrela cadente. Cairá inexoravelmente no abismo que o PS cavou para o país, e de onde o Governo da coligação e o primeiro-ministro o tiraram”.

“O líder do PS cairá no buraco negro que a arrogância, a irresponsabilidade a deslealdade sempre deixam à sua passagem. Os portugueses têm memória, e os socialistas portugueses também têm memória. A estrela cadente do líder do PS cairá com estrondo no próximo dia 4 de outubro com a vitória retumbante da coligação Portugal à Frente, com uma grande e boa maioria”, acrescentou o autarca social-democrata.

Antes, Francisco Lopes considerou que o comício de hoje à noite da coligação Portugal à Frente hoje vai “afirmar Viseu, não como o cavaquistão, mas como o passistão”, e elogiou os presidentes do PSD, Pedro Passos Coelho, e do CDS-PP, Paulo Portas.

“Que diferentes são do líder do PS”, considerou. “Eles são a maior valia e o mais importante trunfo eleitoral da coligação Portugal à Frente. Líderes que não chegaram ao poder em lutas palacianas ou em golpes fratricidas nos seus partidos. Líderes que colocam o interesse nacional acima de tudo”.

A este propósito, recordou a crise do verão de 2013: “Não me demito, não abandono o meu país, foi assim que disse o nosso primeiro-ministro. Líderes que até revogam o irrevogável, porque acima dos interesses partidários, acima dos interesses e das comodidades pessoais, mesmo acima da palavra honrada que foi empenhada, acima disso tudo está o interesse nacional”.

“Que diferença do líder do PS”, reforçou. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA