Feira do Dondo movimenta este fim-de-semana agenda cultural do Cuanza-Norte

Exposição de peças de artesanato na Feira do Dondo / arquivo (Foto: Angop)

A realização da VI edição da Feira do Dondo movimenta entre os dias 11 a 13 os agentes culturais do município de Cambambe, província do Cuanza-Norte, numa promoção do Ministério da Cultura e o Governo local.

Exposição de peças de artesanato na Feira do Dondo / arquivo (Foto: Angop)
Exposição de peças de artesanato na Feira do Dondo / arquivo (Foto: Angop)

O evento contará com a participação de mais 30 expositores que vão ao longo do certame mostrar as potencialidades no domínio das artes plásticas.

O programa do evento, que começa nesta sexta-feira, 11, reserva, entre outras atracções, o lançamento de obras literárias, palestras sobre os mais variados assuntos, tendas das artes, descerramentos de placas classificatórias de monumentos históricos nacionais, visitas a locais históricos, natação e regatas de canoagens.

A Feira do Dondo surge  num momento em que se pretende reconstituir a histórica sobre o entreposto comercial desta região, transformando-a num roteiro turístico e cultural, que passa pelos sítios e lugares de memórias.

A Feira do Dondo, que conjuga história, cultura, turismo e negócios, realiza-se ainda, num contexto em que o país está mobilizado para a realização de novos desafios nomeadamente os do enaltecimento dos valores culturais morais e cívicos e uma atenção particular à variável economia da cultura.

Pretende-se saudar o 40º aniversário da independência nacional, promover o artesanato nacional com vista a sua valorização, desenvolvimento e expansão comercial, bem como reconstituir na actualidade a história sobre actividade mercantil desenvolvida no espaço do território Ndongo, designado por Feira do Dondo. (potalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA