Expo2015 constitui uma oportunidade para estreitamento das relações – Vice-Presidente da República

Manuel Vicente, Vice-presidente da República (Foto: Pedro Parente/Arquivo)
Manuel Vicente, Vice-presidente da República (Foto: Pedro Parente/Arquivo)
Manuel Vicente, Vice-presidente da República (Foto: Pedro Parente/Arquivo)

A Expo Milão 2015 constitui uma oportunidade para a aproximação e o estreitamento de relações entre os povos e nações do mundo inteiro, afirmou hoje, quinta-feira, em Milão, o Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente.

O vice-presidente representou o Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, na cerimónia do Dia Nacional de Angola na Expo Milão, assinalado hoje (17 de Setembro), presenciada pelos ministros das Relações Exteriores, da Agricultura e Desenvolvimento Rural, da Cultura, do Ambiente, da Ciência e Tecnologias.

Segundo Manuel Vicente, desta forma, os vários povos vão poder partilhar experiências e consolidar a consciência de que o destino é comum e que exige uma cooperação e solidariedade permanentes.

Nesta perspectiva, disse, queremos exaltar a Carta di Milano, que nos foi gentilmente apresentada em Luanda, a 21 de Julho, durante a visita efectuada à Angola pelo Ministro das Políticas Agrícola, Alimentar e Florestal da Itália, Maurízio Martina, com cujos princípios e objectivos nos solidarizamos.

A Carta di Milano constitui um legado da Humanidade para as gerações vindouras e um grande contributo dado por esta Expo Milano 2015. Relativamente à participação de Angola no evento, referiu que ao visitar o Pavilhão do país, não podemos deixar de nos sentir orgulhosos pela sua beleza, organização e funcionalidade.

De facto, a exaltação do Pavilhão de Angola é incontornável já que tudo é digno de admiração desde a museografia passando pelo seu programa cultural, até à sua galeria de arte contemporânea e exposição literária, factos que contribuíram para que atingíssemos um milhão de visitantes no dia 25 de Agosto, acrescentou.

Felicitou todos aqueles que contribuíram para a sua criação e também os que asseguram o seu normal funcionamento. Manuel Vicente trabalha desde quarta-feira em Milão. Tem o seu regresso programado para sexta-feira. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA