EUA: Donald Trump pede a Jeb Bush que pare de falar em espanhol

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O magnata e líder da corrida entre os pré-candidatos republicanos à presidência, Donald Trump, criticou nesta quarta-feira o seu adversário Jeb Bush por falar em público em espanhol, a língua materna de sua mulher.

“Gosto de Jeb, é um pessoa simpática, mas deveria realmente dar o exemplo falando inglês quando está nos Estados Unidos””, disse Trump em entrevista ao site conservador Breitbart.

Esta semana, Jeb Bush acusou Trump de não ser um verdadeiro conservador, falando em inglês e em espanhol, como geralmente faz ao ser entrevistado por medias hispânicos.

A equipe de campanha de Bush também colocou na Web antigas declarações de Trump defendendo o aborto e um maior controle sobre a venda de armas de fogo.

Entre o material “desenterrado” pela equipe de Jeb Bush estão gravações nas quais Trump se descreve como um democrata, defende a elevação de impostos e a nacionalização do sistema de assistência médica, ambas propostas reprovadas pela direita americana.

Trump e Jeb Bush batem frontalmente no que diz respeito à imigração: para Bush, os Estados Unidos devem criar uma fórmula para regularizar os 11 milhões de imigrantes ilegais que vivem no país, enquanto o magnata defende a expulsão de todos.

O tema tem um aspecto sensível para Jeb Bush, que é casado com Columba, uma mexicana naturalizada americana. (afp.com)

afp_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA